segunda-feira, 1 de junho de 2009

Mundo acaba em 2012 ou 2014?

O que você vai fazer a respeito?

O dia 21 parece ser mesmo um dia cabalítico. Em 2012, uma profecia Maia fala sobre o fim da vida em Dezembro. Não teríamos o amanhecer do dia 22. Para isso, acontece uma tragédia que está escrita nas estrelas. Teoricamente, não teríamos mais que um novo presidente no Brasil a partir de hoje. Isso se não aprovarem a emenda do terceiro mandato (segundo o jornalista Ricardo Amaral, de Época, escreve que não dá mais para essa tese ocorrer, pois se retirou as assinaturas para isso). E ele nem sequer completaria o mandato. A mais preocupante, para quem não acreditar na tese de 2012 é ver o que os cientistas estão vendo para o dia 21 de março de 2014: Um supermeteoro de 1,2 quilômetro de diâmetro e 2,6 bilhões de toneladas se dirige ao planeta a uma velocidade de 32km/s (o que equivale à velocidade de 115.200Km/h). A força do impacto geraria uma energia suficiente para dizimar um continente. Mas, por extensão, deve gerar o fim da vida no planeta. Assim como na época dos dinossauros.

Faz bastante tempo que eu falo sobre esse processo para o qual caminhamos (e do qual acredito já estarmos em processo avançado) de destruição para que se cumpra uma das maiores profecias bíblicas. Infelizmente, nem todos farão parte deste novo mundo. Muitas pessoas dirigem-se para igrejas com a finalidade de orar para Deus pedindo que estejam na glória divina e no mundo vindouro. Acontece que muitas dessas pessoas oram e, na verdade, são fariseus querendo ibope. Alguns sem saber que estão do lado de fora, ainda mantém a esperança. Outros, mesmo tendo a certeza de que, no fundo, estão de fora, porque tem o que podemos chamar de "vida dupla" (na igreja é santo e, fora dela, é o satanás), acredita na salvação no último momento. Talvez haja um tempo antecipado para que façamos nossa escolha. Após esse tempo, como diz a Bíblia, "Aquele que é sujo, siga sendo sujo e aquele que é santo, siga sendo santo". Onde você está?

Não sei se estamos em momentos antes ou se já passamos a constar nessa lista. Não sei se ainda veremos a oportunidade de pensar melhor em nossas vidas. Não sei se podemos aceitar bem o fim que é vindo. Deus falou para Jó: "Você ainda não tem capacidade para entender". Estava certo, como sempre: Ainda não temos a capacidade para entender nada. Isso só acontece no mundo vindouro, quando o Pai vos falará sobre tudo o que tivermos dúvida.

Pensando melhor sobre tudo o que acontece, vejo que não cremos mais na palavra de Deus. Continuamos a odiar nosso semelhante. A desejar seus pertences e tudo o que é de posse dele (Os Sem-Terra são emblemáticos nisso). A pedir pela fraquesa de nossos inimigos. A pedir a supressão do bem pelo mal - e depois ainda reclamamos. Jesus, antes de sua hora derradeira, teria dito: "Amem os seus amigos e orem por aqueles que o perseguem". Afinal, não sabemos a hora da partida. Ela pode ser hoje ou amanhã. Pode ser dolorosa ou indolor. Pode deixar marcas ou não. Mas você quer partir sem que o seu próximo possa perdoá-lo? Ou pior: Com muitos odiando de você?

O asteróide vem por ai. O tempo passa depressa. E você corre o risco de não fazer nada daquilo que deveria. O fim virá em 2012. Mas se não vier e ninguém fazer nada, virá em 2014. Você ainda tem tempo de consertar o seu tempo. Destituir os maus governos. Estudar mais. perdoar aqueles com quem tem alguma rusga (perdoar não significa necessariamente esquecer). Amar, sentir, redescobrir coisas... Mas isso não vai durar para sempre. Você não sabe qual o seu tempo.

Aproveite e, como diz a expressão latina, Carpe Diem. Com responsabilidade, porque o mundo acaba, no máximo, em 2014. Eu ainda acredito em 2012!

2 comentários:

Dri disse...

Acredito em renovação não em fim do Mundo
Penso que DEUS não irá permitir a extinção do no PLANETA

roberta vianna vieira disse...

eu nao acredito muito nisso nao se em 2000 o disseram que o mundo iria acabar e nao acabou até hoje porque heim? esse negosio é historia pra boi dormir pow então se em 2000 eu era pra eu esta morta e não viva como eu estou hoje